© 2017-2019 por Jonas Jaridim de Paula

Laboratório de Ensino e Pesquisa em Neuropsicologia

Prof. Dr. Jonas J.

de Paula

Coordenador do Labep_neuro

Psicólogo, mestre em neurociências e doutor em medicina pela UFMG

jonasjardim@gmail.com

(31) 9-8399-7175

 

Sobre o LABEP

A neuropsicologia é uma ciência interdisciplinar que  estuda as relações entre cérebro, mente e comportamento. Ela é uma das áreas de conhecimento das Neurociências. 

 

Historicamente os neuropsicólogos estudavam pacientes com lesões cerebrais e avaliavam suas repercussões em termos cognitivos, emocionais e comportamentais.  Nos dias de hoje os neuropsicólogos mantém essa mesma abordagem, mas trabalham não apenas esses casos, expandindo sua prática nos contextos da neuropsiquiatria, psicologia do desenvolvimento, genética e campos afins.

 

O Labep_neuro iniciou suas atividades informalmente entre 2014 e 2015, frente ao grande interesse dos alunos de psicologia da Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais em se dedicarem a essa área. No ano atual organizamos uma proposta formal para a implantação do laboratório, visando unir as práticas em ensino, pesquisa e extensão.

 

Nosso laboratório conduz pesquisas na área de "neuropsicologia do dia a dia". Nossa proposta atual é identificar como as funções cognitivas e outros fatores se associam a dificuldades cotidianas, incluindo problemas escolares, no trabalho, nos relacionamento sociais e afetivos. Trabalhamos tanto com a população típica quanto com pacientes, em especial adultos com sintomas do Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade e do Transtorno do Espectro Autista. 

 

Muito obrigado pelo interesse em nosso site! Embora ainda esteja em construção, em breve será uma plataforma para estudantes, profissionais e pesquisadores da área conhecerem melhor a neuropsicologia e seus métodos.

 

 

 

 

 

Desenvolvimento, adaptação e validação de Testes Neuropsicológicos

Uma das nossas linhas de pesquisa mais tradicionais envolve a criação ou adaptação de testes neuropsicológicos para o contexo brasileiro. Atualmente nosso foco encontra-se em testes relacionados à atenção, memória e funções executivas. Confira alguns de nossos instrumentos na guia "Testes e Escalas"

Relações entre religiosidade e impulsividade

 

A religiosidade e a espiritualidade são encontradas em todas as culturas humanas e tem papel importante na vida da maior parte das pessoas. Nesse projeto de pesquisa nosso objetivo é investigar como esses fatores se relacionam à impulsividade, nossa tendência a agir sem a devida consideração ou planejamento frente a algumas situações. 

Atenção e memória ao ao longo do desenvolvimento

A atenção e a memória são funções cognitivas básicas fundamentais para uma boa adaptação ao dia a dia. Nesse projeto temos como objetivo investigar como a atenção e a memória se associam em diferentes idades. Acreditamos a atenção atue como um facilitador dos processos de memória, em especial durante a infância e a velhice. 

 

Falhas cognitivas no dia a dia

Muitas vezes cometemos pequenos erros de atenção, memória ou raciocínio no dia a dia. Esquecemos uma palavra, perdemos objetos, não respondemos emails importantes ou até mesmo esquecemos compromissos. Nossa pesquisa objetiva caracterizar essas dificuldades de dia a dia e identificar quais fatores psicológicos se associam às mesmas.

Avaliação dos estilos parentais em pais de crianças e adolescentes

Muitas vezes cometemos pequenos erros de atenção, memória ou raciocínio no dia a dia. Esquecemos uma palavra, perdemos objetos, não respondemos emails importantes ou até mesmo esquecemos compromissos. Nossa pesquisa objetiva caracterizar essas dificuldades de dia a dia e identificar quais fatores psicológicos se associam às mesmas.

Funcionalidade em adultos com síndrome de Asperger / Autismo

A Síndrome de Asperger e os outros Transtornos do Espectro Autista afetam nossa capacidade de entender as outras pessoas, o contexto social e levam a um comportamento muitas vezes restrito e inflexível. Contudo, algumas pessoas com esses quadros apresentam bom funcionamento no dia a dia, em termos de trabalho, estudo e relacionamento. Nosso objetivo é identificar fatores associados à boa funcionalidade deses pacientes. 

O Transtorno do Déficit de Atenção / Hiperatividade e o amor

O TDAH é um trasntorno do neurodesenvolvimento que afeta o controle da atenção, comportamento e motivação. Alguns neurotransmissores envolvidos no TDAH são também envolvidos na experiência amorosa, um dos aspectos mais importantes dos relacionamenos interpressoais. Nosso objetivo é investigar se o TDAH afeta a experiência amorosa desses pacientes. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Linhas de pesquisa